Cams.

Adotado no Evelyn's Place.com Camila C. Crosgnac Fracalossi, sagitário, 17 de dezembro de 1990. Formada médica veterinária pela UNESP Botucatu, namora o João (Fev/10) e é paraense de coração.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Backbeat

O BACKBEAT é um site revolucionário criado pela jornalista (e amiga querida!) Izadora Pimenta, com o design de Alan Nucci. Lançado no último dia 08 de Outubro e destinado a abordar o mundo da música de um jeito diferente, o site têm suas colunas fixas e permite que os usuários enviem colaborações, trazendo uma visão democrática, jamais única, sobre o mundo musical – ao invés de simplesmente divulgar notícias, setlits e line-ups. Como diz a própria Izadora na apresentação do site, lá estarão "as histórias por detrás dos fatos, as várias possibilidades de interpretação, a relação humana que temos com a música a partir do momento no qual colocamos nossos fones de ouvido e nos deixamos viajar".

Resolvi trazer, então, uma entrevista com ela pra vocês, mesmo isso sendo bem engraçado – normalmente é ela quem me entrevista, haha. Vamos lá!

 

Cams: Quanto tempo você passou trabalhando pro Rock 'n' Beats? Como era?

Izadora: Foram dois anos e seis meses no Rock 'n' Beats. Posso dizer que aprendi muita coisa neste tempo todo. Pude realizar projetos e participar de experiências bem legais. Só para citar uma, fui responsável pela produção da coletânea "Is This Indie", um tributo de artistas independentes a "Is This It", o primeiro álbum do Strokes.

 

C: Qual o melhor e o pior de trabalhar no Rock 'n' Beats?

I: Além de aprender muita coisa e participar de muita coisa, conheci muita gente legal por conta do site – tanto os que estavam dentro quanto os que eu vinha a entrar em contato. Pude crescer enquanto jornalista, destino que se tornou cada vez mais certo. E não vou dizer pior, mas manter uma editoria de hard news é realmente puxado quando você possui um emprego e uma faculdade para cuidar.

 

C: Por que resolveu sair? O projeto do site já existia?

I: Estava em outro momento. Queria me dedicar a outros projetos, mas BACKBEAT ainda não existia quando tomei minha decisão. Comecei a pensar em BACKBEAT enquanto comia um frango grelhado no Colonial Grillsempre tenho umas boas ideias nesse restaurante.

C: Como surgiu a idéia do BACKBEAT?

I: Além do frango grelhado e tudo o mais, surgiu da minha vontade de trabalhar com conteúdo próprio e com jornalismo colaborativo, que tinha sido meu tema de pesquisa em uma monografia da faculdade e chegou a ser utilizado em um projeto meu no Rock 'n' Beats, o "Além Do Que Se Vê".

C: Houve alguma dificuldade no percurso? Como você lidou com isso?

I: Precisava de um layout, de uma arte, de um domínio. Consegui um layout pronto e acertei sozinha, com os poucos conhecimentos que tinha de HTML e alguns tutoriais na Internet. A arte foi gentilmente feita pelo meu amigo Allan Nucci. Comprei o domínio nos 45 do segundo tempo, porque nem sempre sobra quarenta reais no final do mês.
Acho que quando a gente realmente tem vontade de fazer algo acontecer, nada é muito difícil.

C: O que tem sido mais legal desde o lançamento do site?

I: Vejo que as pessoas estão gostando do trabalho. Me sinto bem de estar disponibilizando um conteúdo legal.

C: Quais suas perspectivas futuras?

I: Quero estudar métodos de fazer o site crescer cada vez mais. Nunca estive na gestão de algo tão potencial.

É sempre muito legal poder prestigiar nossos amigos e ver eles crescendo com novos projetos, né? (: E pra quem tiver interesse, a Izadora tá procurando colaboradores fixos pro site, então quer tiver interesse manda um e-mail pra ela pra conversar sobre! ;)

Enfim, aproveita que tem post com relato meu lá, com direito também às minhas fotos! (: Confere e segue o Backbeat no Twitter e no Facebook!

 

Beijinhos,

Cams.

0 comentários:

Postar um comentário