Cams.

Adotado no Evelyn's Place.com Camila C. Crosgnac Fracalossi, sagitário, 17 de dezembro de 1990. Formada médica veterinária pela UNESP Botucatu, namora o João (Fev/10) e é paraense de coração.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Ídolos - parte 1.

Ídolos, ponto final. Não importa quem seja o seu, você simplesmente odeia quando fazem piadinhas, falam mal ou qualquer outra coisa. Mas é ótimo fazer piadinhas sobre o ídolo alheio, haha! Por isso, vamos falar de alguns.

McMeeting VIP017 Mallu Magalhães.

Ela esteve ontem aqui em Campinas/SP, por volta das 19h, dando autógrafos (parece que teve um pocket show antes, mas eu realmente não ligo sei. Só sei que, quando descobri, eu e meu amigo fomos vê-la porque seria sorte muito disperdiçada não ter uma foto dela, HAHA! Certeza que ela tem pretensões com o Instituto de Filosofia e Humanas da Unicamp! HAHA

Tudo nada contra, mas, sério: ela tem 16 anos, é lunática total, canta mal e tem umas letras de música que PUTZ, velho... tchubaruba? Paparapapááááá? Não, obrigada.

Se eu pudesse dizer alguma coisa, eu diria... "Mallu, você tem trabalhado como um Camelo?"

McMeeting VIP019  Ben 10.

HAHA, essa é especial pro meu irmão: Ben 10!

Meu irmão tem 15 anos e vê Ben 10, além de ser viciado no jogo pra Nintendo DS. Eu? Como irmã compreensiva que sou (;D), apóio totalmente, claro! Quase comprei essa camiseta super fashion do Ben 10 pra ele ontem, na Riachuelo! Zeeentxi, ela BRILHA NO ESCURO! *crises* Okay, parei, esses foram os bônus, só pra esquentar.

Se eu pudesse dizer alguma coisa, eu diria... "Ben 10!" (a musiquinha xD)

 

ATENÇÃO: não me copiem nos nomes abaixo! HAHA

 

AMOESSAFOTO  Travis Barker.

Harry Judd, Tré Cool e Jukka Nevalainen que me desculpem, sou fã pra caramba, mas... sério? Travis Barker é o melhor baterista pra sempre! Ele tem as drum-off mais perfeitas, as baterias mais perfeitas e, INCLUSIVE, a voz mais perfeita (sorry Harold HAHA but you're still having the most exciting voice (6) okay? xD) do mundo. Sou fã total, incondicional, e tive ataques e crises de choro quando soube do acidente. No entanto, com força e persistência - segundo ele, ele sempre morreu de medo dos acidentes de avião e, quando aconteceu, ele só pôde agradecer por continuar vivo e por estar se recuperando rápido pra voltar a abraçar seus filhos e tocar bateria -, ele conseguiu e, em breve, de bônus, ainda teremos mais Blink 182!

Se eu pudesse dizer alguma coisa, eu diria... "Travis, I really admire you that much. I hope life gives you the very best presents and friends it could give for someone".

tarja-hair-low-res-500  Tarja Turunen.

Okay, tenho motivos de ódio e motivos de amor, mas o amor sempre prevalece.

A Tarja tem a voz mais perfeita do universo, sem qualquer sombra de dúvida, mas eu e outros fãs com certeza ficamos bastante chateados com a condição em que ela foi praticamente expulsa do Nightwish. Sim, concordo com Tuomas: Tarja era totalmente outra pessoa com o maldito marido argentino dela (Marcelo? Deve ser!), e o Nightwish não iria perder sua alma - como não perdeu, mesmo que milhares de fãs vão discordar de mim, agora. E digo mais: tudo isso é implicância com alguém que vem tentando desenvolver um trabalho pra vocês, porque a Anette é muito dedicada com tudo isso.

Enfim, a Tarja sempre foi ótima e sempre teve potencial pra seguir carreira solo, embora esta pareça um tanto quanto vazia. Com o álbum My Winter Storm, lançado no Brasil em meados de 2008 (lançamento próximo ao Dark Passion Play, o primeiro álbum do Nightwish com Anette Olzon nos vocais e com algumas das obras mais primas e supremas de Tuomas Holopainen), Tarja pareceu estar tentando uma vingança contra a banda da qual fez parte, "roubando" seu estilo (que nunca foi o original dela) e os fãs. Isso tirou muitos pontos dela comigo, mesmo o álbum sendo realmente bom e eu ainda tendo um amor incondicional pela mesma.

Se eu pudesse dizer alguma coisa, eu diria... "Wouldn't you realize what your husband does to you? He's trying to stole your fame, basically. Gosh, pay some attention - even if love is blind".

tuomas  Tuomas Holopainen.

Inúmeros motivos para idolatrar: o melhor compositor, o melhor tecladista, o melhor "líder" de banda - por mais que eu odeie pensar na associação bandas x líderes, já que eu acho que a banda vai ser sempre um conjunto. E ele também pensa assim. Tanto que, quando a Tarja começou a agir com possessão da fama, ela foi embora. O Nightwish, pra ele, tem uma alma que deve ser conservada, e foi isso que ele fez dois anos depois: jogou as melhores canções em Dark Passion Play e criou uma obra prima encantadora - pra quem ao menos tentou conhecer. A primeira faixa, The Poet And The Pendulum, é simplesmente a vida do Tuomas contada da forma mais lírica, poética e perfeita.

Se eu pudesse dizer alguma coisa, eu diria... "Even if you can't see that, I'm by your side. That's all you need to know!"

 

Esse foi só o começo, haha. Volto com mais depois.

domingo, 8 de fevereiro de 2009

5 piores chuvas

AS 5 PIORES CHUVAS QUE EU JÁ TOMEI.

em ordem cronológica


- Abril de 2006, Campinas-SP, ETECAP.

Não me lembro da data exata – até porque nunca imaginei que faria um post assim. Saí da aula ao meio-dia e tava chovendo – nem pouco nem muito, chovendo. Fomos todos para a nossa perua e ela saiu. Durante a viagem, a chuva foi apertando e, na região onde eu morava, tava mil vezes mais forte do que quando tinha apertado bastante. Resultado: eu tinha um compromisso naquela tarde e não tinha nenhum jeito de ir, porque tava quase alagado e nem táxi ia dar muito certo.


- Novembro de 2007, Campinas-SP, ETECAP.

Tava no segundo semestre do técnico, e tínhamos saído mais cedo. A aula de Farmacologia tinha sido escura, e a chuva já durava desde as 14h30min. Eram umas 17h30min e nossa perua só chegava às 18h00min, mas naquele dia o Paulo atrasou e nós estávamos esperando lá fora. Encharcamos a perua, mas foi culpa dele.


- 12 de novembro de 2008, São Paulo-SP.

Fomos a São Paulo com a ETECAP, em uma feira sobre o meio ambiente. O Carlinhos (técnico do laboratório) mandou a gente andar até o lugar que tinha ficado o ônibus e eu ir na frente, porque eu sabia o caminho por causa das outras feiras (a Hospitalar e a FISPAL). Fomos à frente em sete pessoas, mas a chuva começou absurda (São Paulo, né) e a gente saiu correndo. Éramos eu, Aliane e mais cinco pessoas do técnico noturno. Quando chegamos, nosso ônibus não estava mais lá – entramos em desespero, mas sabíamos não ter sido deixados pra trás porque estávamos na frente. Dois motoristas de um outro ônibus chamaram a gente pra entrar lá e sair da chuva, e nós aceitamos, mais que ensopados. Os motoristas viram que nosso ônibus saiu pouco antes e devia tê-los ido buscar em frente, então nos deram carona até lá – uma quadra, mas tava chovendo DEMAIS. Quando chegamos lá, o ônibus já tinha saído de novo, provavelmente voltado pra buscar a gente, então eles nos levaram de volta e encontramos nosso pessoal. Agradecemos demais, mas molhamos nossas sacolas e folders todos e vários (leia-se quase todos menos eu ;D) ficaram gripados. Chegando em Campinas, mesmo depois de uma hora e pouco, ainda estávamos ensopados ultra, sonhando em chegar em casa e tomar banho quente.


- 16 de janeiro de 2009, Campinas-SP, Shopping Iguatemi.

Dia de McMeeting VIP. Fomos ao Iguatemi, mas acabou que estávamos em tão poucas pessoas que escolhemos alguns ir ao cinema (eu, Jonas e Dóri) ver O Curioso Caso de Benjamin Button. Assistimos ao filme e era por volta das 19h00min quando saímos de lá. Fomos até a entrada do shopping e vimos que estava chovendo, normal. Corremos até os pontos de ônibus – eu com meio litro de chá earl grey gelado da Starbucks na mão (sou viciada, okay?) - e fiquei esperando meu ônibus naaada demorado, o amado 3.07, enquanto meus amigos esperavam o lindo, belo e rápido 2.49 (traí tal movimento, segundo Jonas). Comecei uma conversa com as duas senhoras que esperavam o ônibus comigo quando a chuva começou a apertar absurdamente. As senhoras estavam com seus guarda-chuvas, mas nem eles impediam muita coisa – por causa do vento. Eu, sem guarda-chuva e com vento, fiquei ensopada, mesmo debaixo da cobertura. Minha bolsa de pano fez com que todo seu conteúdo molhasse por completo, e eu ainda segurava uma sacola com um caderno – pelo menos ele saiu ileso. O ônibus das 19h15min não compareceu – pois é, ao ponto final – e o das 20h115min chegou adiantado, mas decidiu ficar parado por dez minutos a mais.


- 08 de fevereiro de 2009, Campinas-SP, Shopping Iguatemi.

Estávamos eu, Carol e Izadora no que acabou sendo um dia de garotas, tomando sorvete, comendo batatas fritas (da Dóri), tomando chá gelado (meu), brincando com limões (meus) e falando coisas toscas. Ouvimos vários trovões e, enquanto estávamos nas Lojas Americanas, a energia ameaçava acabar. Precisando ir logo embora, fomos até a entrada do shopping: uma porção de pessoas longe da porta, porque tava chovendo e ventando, o que resulta em pessoas molhadas. Então, três garotas corajosas (vulgo 'a gente') deram os braços e saíram correndo em meio à chuva e às poças, lagos, rios, mares, oceanos, como quiser. Entramos total ENSOPADAS no ônibus que já estava lá e Izadora pediu uma toalhinha pra cobradora, tentando se enxugar. No caminho, vimos uma árvore caída e tivemos que desviar. Desci no Shopping Unimart, ensopada no meio das pessoas secas na rua, e meus pais (já avisados do que eu faria, já que não podia esperar duas horas e quinze pelo meu ônibus e nem descer no Centro porque era perigoso – dia de jogo da Ponte Preta com o Guarani – pra pegar outro ônibus) foram me buscar. Nessa hora, não me arrependi nada de ter comprado uma bolsa de couro sintético por R$69,90!


Qual foi a pior chuva que você já tomou? (:



Oh Star @ Paramore

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

trouble is the only way is down

Tive um sonho bizarro hoje, e senti que precisava postá-lo em algum lugar. Fotolog era certeza, por causa dos comentários da Dóri, mas blog... PRECISO TAMBÉM! UHASUHSAUHAS

Lá vai!

Eu era a Serena (é, a Blake Lively de Gossip Girl, EXATAMENTE xD) e tava no meu castelo (?) com um cara lá, que não era mas lembrava o que faz o Aaron em GG (episódio 2.07 em diante). Então, eu e ele estávamos conversando tipo aquelas cenas de filme que começa com música e a conversa é tão inútil que nem os personagens sabem o que tão falando - foi quando entrou a Blair (sim, a Leighton Meester, do seriado) me chamando pra falar alguma coisa do Chuck (Bass), reclamar dele. Então, deixei o pseudo-Aaron lá e vi que ele deu uma puta olhada pras pernas da Blair, mas nem xinguei porque todo garoto fazia isso com ela (??). Quando eu saí do salão principal do castelo com a Blair, a cena voltou pro salão, pra onde o Aaron estava. Ele tava vendo umas coisas num computador tipo nave espacial (???) quando a Dóri (fica a dica, achei ela no Google Imagens! xD) chegou lá. O cara já começou a cantar ela e falar que tava vendo o fotolog dela (é, no computador espacial - ????). Ela ficou toda toda quando ele disse que lia o Freckled, mas só os posts dela, e eles tavam quase se beijando (!) quando eu tava voltando sem Blair.
- Você me cantou, deu uma secada na Blair e tá tentando pegar a Dóri? Ela não pode, ela é criança! - "Serena-eu" no maior estilo "Chuck Bass não pode abusar da pequena Jenny Humphrey"
- Criança? Então tá, tchau. - ele respondeu, e saiu Oo' (?????????)
Eu peguei na mão da Dóri no maior estilo "Serena sempre leva os outros pela mão" e saímos andando pra fora do castelo - que, por acaso, era igualzinha à frente da casa da minha vó na Vila Teixeira (???????). Sentamos na calçada e Dóri falou:
- Não acredito que aquele cara era um babaca. Quer dizer, ele me elogiou tanto e eu quase caí. - eu bufei - E eu só ia postar no meu fotolog sobre um sonho que eu tive!
- É, eu sei. Quase caí na dele também. Só a Blair que não. - eu, "Serena".
- A Blair veio aqui? - Izadora no maior estilo "melhor amiga".
Comecei a conversar com a Dóri sobre Blair e Chuck e tal, e ela me jogou uns comentários sobre o garoto que eu gostava (É), no maior estilo "todo mundo quer ver Serena van der Woodsen pegando Daniel Humphrey - de novo" (sem o 'de novo').
DO NADA, começaram a chegar mil e uma equipes de filmagem e o Sílvio Santos (O SÍLVIO SANTOS!!!!!) na rua da minha vó, e a vizinha dela (a Rosita) saiu e disse que tinha que ajudar no sorteio, dando oi pra "Serena-eu" e pra Dóri. (Pelo que eu entendi era algo tipo um sorteio nacional que ia ser transmitido ao vivo no maior estilo Megassena acumulada em quarenta milhões, realizado na RUA DA MINHA VÓ, HAHA)
Enquanto os caras montavam as câmeras e cenário e tudo, Kaká (yep, Judd, tu) saiu na janela da casa da Haidê (que devia ser a casa dela) e gritou "JUUUDD!" (A Serena é Judd? UHSUHAS Tá, parei!), e eu respondi gritando a mesma coisa. Ela gritou de volta que ia lá em casa (no castelo UHASUHAS) daqui a pouco, que precisava dar Nutella pro irmão dela (!!!!) e já ia.
Então, eu acordei xD~

Hoje Michel vai tocar na Fnac. Devo ir ver meu primo e meus amigos (: 19h.
Sábado eu tenho dois compromissos, mas tenho que escolher um. Como é provável que eu esteja total SOZINHA no primeiro, vou ao segundo, até porque é bem mais provável que meu pai deixe.

Vamos lá, status atual: não sei. Tô matriculada no cursinho, que começa dia 09/03, e tenho que resolver meu estágio no máximo até segunda feira. *suspira* Fodz, eu sei.

Filme atual: Letra & Música (há uma semana atrás, tenho que ver Forrest Gump!)
Música atual: Without You - Busted. Tenho alternado entre ouvir James Blunt, James Morrison (tks Multishow - ?), Busted (James Bourne HAHA - tks Jú ♥), You Me At Six (tks Anninha), Colbie Caillat (tks Leonardo), The Killers (tks Gabriel) e Jordin Sparks (tks Thi).
Livro atual: A Menina Que Roubava Livros - Marcus Kusak (ativo); Dewey: Um Gato Entre Livros - Vicki Myron; Eclipse - Stephenie Meyer.
Seriado atual: 90210 e Gossip Girl (jura? --^)

That's all, folks (Y)