Cams.

Adotado no Evelyn's Place.com Camila C. Crosgnac Fracalossi, sagitário, 17 de dezembro de 1990. Formada médica veterinária pela UNESP Botucatu, namora o João (Fev/10) e é paraense de coração.

domingo, 27 de setembro de 2009

Moleskine?

Até onde eu sei, pouca gente conhece os famosos (?) moleskines. Conheci pela Lia, que sempre traz um monte de novidades legais que, como sempre, eu gosto me apaixono.

Mas, afinal, o que são esses tais moleskines, tããão famosinhos? São cadernos da marca italiana Moleskine, geralmente em formato e tamanho fáceis de carregar sempre consigo.

Logo que descobri sua existência, fiquei louca para tê-los. Viajei na Internet e acabei encontrando na Livraria Cultura e na FNAC, mas não comprei de primeira. Só quando vi na loja física da Livraria Cultura, decidi comprar o modelo Cahiers, em tamanho pocket (que seria o pequeno; o grande seria o large). Um kit com três deles saiu por R$25, e um deles foi de presente pra um dos meus melhores amigos, o Leandro, que meio que me incentivou a procurar melhor os tais caderninhos.

aapMeu caderninho, personalizado e já escrito. Ainda tenho um guardado.

Bom, deu pra perceber que é meio difícil de encontrar esses cadernos e, além disso, que eles têm um preço meio salgado. Hoje, eu estava passeando pelo shopping com meu irmão e entrei com ele na Book Store e encontrei um pacotinho com três cadernos semelhantes aos moleskines. Era um kit da Tilibra, da linha Naturalis. Eram do mesmo tamanho dos cadernos tamanho pocket, feitos de papel reciclado, e são todos diferentes. Um deles têm folhas pautadas, outro têm folhas quadriculadas e, o último, têm folhas sem pautas. O que mais chama a atenção é o preço: R$4,50!!!!

aap

Não é tão lindo nem tem tanto glamour quanto o Moleskine, mas é de mesma qualidade e eficiência.

Fuçando um pouquinho mais pela Internet, descobri mais um monte de coisa legal. Por exemplo, o Canto da Lu falou bastante de Moleskines, deu dicas de onde achar, contou que eles já apareceram em uma porção de filmes e séries (eram os diários da mãe de Meredith, em Grey’s Anatomy!) e também apresentou o Moleco, um caderno ecológico (leia mais aqui), que tem uma proposta bem legal. É idêntico ao Moleskine, mas de papel reciclado e cheio de boas intenções.  Além dela, o site Efetividade.net também deu dicas de como encontrá-los, e eu ainda encontrei por aí cadernos idênticos no Atelier Luiz Fernando Machado, muito bonitos, mas de preços tão altos quanto.

Então, fica a dica. Muita gente pode até dizer “ah, tem bloquinhos de anotações por R$0,75”, mas não é a mesma coisa. Um pedaço de papel qualquer é um pedaço de papel qualquer, enquanto o seu Moleskine, o seu caderno personalizado e diferente, vai ser sempre diferente, único – e seu.

 

Mais informações:

Book Store Presentes – Unimart Shopping (venda via Internet)

Avenida John Boyd Dunlop, 350

Campinas – SP

Telefone: (19) 3213-0304

8 comentários:

Dóri disse...

Poxa, paguei 5 reais no meu Red Book e acho ele tão diferente, único e meu. Não faço questão de um desses aí, amiga.

·caMM's disse...

- siiim, mas eu não achei um red book e comprei meus três moleskines por R$25 (: dei um de presente pro zé e fiz meu amigo feliz. melhor que isso? não ia ser ;D

rockleeset disse...

Super bacana esses caderninhos viajantes. Tenho vontade de participar. Eu mesma nein gosto de ver pois fico com verme de vontade de comprar!

Beijos!

Claudinha disse...

Nhoin, eu já tinha lido sobre os Moleskines em vários blogs, acho superlegal a idéia. Só queria ter criatividade pra ter o meu. D:

Valeram as dicas, flor!
Bjos

ichigo hime disse...

nunca tinha ouvido falar, mas achei o nome legal 8D

antes eu personalizava meus cadernos (2006 e meus cadernos do Miyavi *-*), agora não dá tempo e me contento com Jolie :3

mhilka disse...

Além de muito úteis são lindos né? Amei a dica

Beijos flor

Miss Sofia disse...

Aaaaai, AMO Moleskines. Desde sempre, sempre, sempre. Tenho alguns completos, alguns por completar, e minha agenda de telefone (sim, eu uso agenda de telefone de verdade, não no celular) também é Moleskine. ^^

Anônimo disse...

With havin so much content and articles do you ever run
into any problems of plagorism or copyright violation?
My website has a lot of completely unique content I've either created myself or outsourced but it appears a lot of it is popping it up all over the internet without my agreement. Do you know any ways to help reduce content from being stolen? I'd genuinely appreciate it.



my web-site ... padova

Postar um comentário